5 dicas [importantes] de vitrinismo para vender mais

dicasvitrinismo3
Muitas pessoas acreditam que vitrinismo e visual merchandising são a mesma coisa, mas não são. Apesar das duas profissões estarem diretamente ligadas, elas não possuem as mesmas características, tão pouco exigem as mesmas habilidades do profissional.
+
Enquanto o visual merchandiser preocupa-se com o interior da loja, num processo muito mais racional e organizativo, o vitrinista precisa dar continuidade a esse trabalho de comunicação na vitrine, porém de uma forma muito mais criativa e artística, ou seja, a vitrine é uma das muitas ferramentas de visual merchandising.
          +
A vitrine, no entanto, será o primeiro ponto de contato do cliente com a marca, além de ser um instrumento de atração, ela deve contar uma história de valorização do produto e reforçar a imagem da marca. É através dela que o consumidor vai se encantar pelo estabelecimento e produto e, a partir daí, tomar a decisão de entrar.
 +
Você sabia que uma vitrine pode ser responsável por até 70% das vendas em um comércio? E que o tempo médio para prender a atenção de um consumidor é de somente 2,5 segundos?!
 +
Esse tempo é muito curto para contar uma história e valorizar um produto, por isso, é necessário chamar a atenção do cliente através de uma vitrine limpa, organizada e assertiva. Para ajudá-los apontei 5 técnicas que podem tornar uma vitrine mais atrativa.
 +
Planejamento: é de extrema importância trazer movimento e novidade, para isso é necessário que sua vitrine acompanhe as diferentes datas do calendário promocional do varejo, desde ações mais expressivas como o Dia das Mães e o Natal, até datas mais especificas que talvez interessem só ao seu negócio, como o Dia do Professor, Dia do Nerd, Dia da Árvore etc. O planejamento permite que você explore melhor o potencial de cada data através da criatividade e economize recursos ao não improvisar.
 +
Inspiração: mais que mobiliários (objetos de cena) e produtos, a marca deve criar um ambiente que conte uma história simples, e comunique que ali tem uma oportunidade, através da exposição, iluminação, comunicação sobre atributos principais do produto, preço e, principalmente, fazer disso parte do sonho do consumidor. Assim, é importante escolher temas que agreguem valor para
percepção do consumidor.
  +

+
Produtos:
o mundo digital acelerou a efemeridade da moda, por isso a necessidade de novidades aumentou. Sua vitrine deve ser trocada periodicamente para enfatizar as novidades, mesmo que os produtos ainda sejam os mesmos. Em cidades pequenas a troca deve ser semanal, cidades de médio porte quinzenal e grandes cidades podem suportar de 20 até 30 dias sem troca. Priorize por produtos novos e aqueles mais procurados no período.

 +

+
Técnicas de composição e exposição:
existem várias técnicas para deixar sua vitrine mais atrativa: simetria, assimetria, variações, agrupamentos, sobreposição, verticalização, horizontalização e planificação. Procure compreende melhor essas questões de design e, ao aplicá-las na sua composição, tenha certeza de construir um projeto mais bonito e assertivo.
+
Satisfação do cliente: e por último, mas não menos importante, siga algumas dicas para que seu cliente nunca saia insatisfeito. (i) Crie uma leitura visual simples – não abuse da exposição de produtos na vitrine, pois o cliente poderá ficar confuso entre tantas opções e não se interessar por nenhuma. Vitrine não é estoque, priorize! (ii) E nunca exponha o produto com estoque zerado, pois além de gerar frustração em relação a marca ele pode exigir qualquer outro produto similar de dentro da loja pelo mesmo preço daquele anunciado na vitrine.
+
Entenda que as vitrines são ferramentas importantes para o varejo e que têm técnicas específicas, afinal, a decisão de compra em aproximadamente 80% dos casos vai acontecer no ponto de venda. Sua loja é a última hora da verdade para o consumidor.

(Visited 1.349 times, 2 visits today)
SHARE THIS

RELATED ARTICLES

LEAVE COMMENT

Curso livre a distância

CURSO LIVRE (a distância) EM VISUAL MERCHANDISING DE MODA

O curso online de Visual Merchandising de Moda do MMdaMODA abrange conceitos teóricos e práticas de mercado e está pautado em fotos, vídeos, cases de sucesso e materiais complementares, como artigos e reportagens.

Saiba mais