Overview (Parte 1) do 30º Backstage do Varejo: o visual merchandising para além da moda

5 – Restaurante Lolla e Lollita

No último dia 13/06 aconteceu na FAAP, em São Paulo, a 30ª Edição do já conceituado evento Backstage do Varejo promovido pela ABIESV, que reúne profissionais de todo o varejo para discutir questões relevantes da área. O tema abordado nesta edição foi o Visual Merchandising, porém de uma maneira diferente ao trazer o conceito de que VM não é só para lojas de moda.

O primeiro tema abordado foi o conceito por trás do restaurante Lolla & Lollita. Fabio Maluf Tognola, proprietário do restaurante, e José Antônio Henrique, arquiteto responsável pelo projeto, falaram qual é a proposta do restaurante e como eles tiveram todo um cuidado em estudar e estruturar o propósito da marca antes de pensar o estabelecimento em si.

Houve um estudo detalhado da região onde estaria o restaurante e uma pesquisa dos hábitos dos moradores. Tudo o que existe dentro do local foi criteriosamente selecionado desde os talheres até a mesa de madeira maciça. A curadoria das peças foi pensada com muito cuidado para que o cliente tenha uma experiência única e autêntica.

Além disso, toda a equipe foi escolhida de forma cuidadosa e orientada sobre cada prato oferecido no menu e muito mais que isso, o diferencial é estruturar uma equipe engajada e orgulhosa em trabalhar ali e, assim, levar para o cliente um momento alegre e divertido no seu dia a dia. Além disso, a equipe tem a autonomia para criar e melhorar as opções do menu seguindo as opiniões e desejos dos clientes.

A cozinha do restaurante é toda aberta pois o processo de preparo dos pratos é um entretenimento para os visitantes. Dessa maneira, o arquiteto José Antônio trouxe uma forma diferente de encarar o Visual Merchandising ao propor que a apresentação dos pratos seja feita de forma tão valorizada como se fosse um produto em exposição para o cliente. A forma como nos alimentamos não é mecânica e automática, hoje as pessoas buscam uma experiência gastronômica diferenciada, elas querem poder ter um momento de relaxamento na hora de alimentar-se, além de compartilhar com os amigos e familiares, seja de maneira presencial ou online, através das postagens nas redes sociais. Por isso a importância de a apresentação dos alimentos no prato ser atrativa e encher os olhos e agradar o paladar.

Além disso, o restaurante é todo instagramável, todos os espaços são locais que permitem fazer aquela foto digna de ser compartilhada. Isso porque, além da curadoria impecável de tudo o que existe dentro do restaurante, foi feita uma humanização do espaço físico interno e externo com as plantas. Aquelas lá existentes foram recuperadas para que pudessem permanecer no local e proporcionar um ambiente agradável.

O debate entre profissionais do varejo de áreas diferentes reforçou a ideia de que VM não é só para Moda. Profissionais de segmentos como pet shop, farmácia, home center e presentes compartilharam suas experiências sobre a importância do Visual Merchandising para cada um desses setores e trouxeram dicas de como:

  • Dê motivos para seu cliente querer ir até a sua loja;
  • Mensure seus resultados – não fique no achismo;
  • Ouça o que seu cliente e sua equipe tem a dizer;
  • Tenha um propósito muito bem definido e um conceito de negócios;
  • Tenha uma equipe de profissionais multidisciplinar para que você tenha várias óticas de um mesmo assunto.
(Visited 79 times, 1 visits today)
SHARE THIS

RELATED ARTICLES

LEAVE COMMENT

Curso livre a distância

CURSO LIVRE (a distância) EM VISUAL MERCHANDISING DE MODA

O curso online de Visual Merchandising de Moda do MMdaMODA abrange conceitos teóricos e práticas de mercado e está pautado em fotos, vídeos, cases de sucesso e materiais complementares, como artigos e reportagens.

Saiba mais