A sede da Le Lis Blanc

Imagem1

A sede da Le Lis Blanc, localizada no bairro paulistano Vila Leopoldina, transpira moda em todos os detalhes de suas instalações. No mesmo prédio, com projeto arquitetônico do escritório Athiél Whonrath, estão as áreas administrativas e de estilo, além do estoque central. A decoradora Suzana Schermann cuidou da recepção e da sala da diretora de Estilo e fundadora da marca, Traudi Guida, ambiente que é um verdadeiro estímulo às ideias e uma viagem ao mundo fashion. “Ela é uma pessoa muito descolada e culta, que conhece diversas áreas e assuntos, viajada, e tem uma personalidade muito definida. A maior inspiração para conceber o espaço só poderia ser ela mesma, a figura central dessa história”, conta Suzana.
A diretora passa muito tempo em seu escritório, totalmente acessível à equipe de criação. “Ela não para nunca. Está sempre em reuniões, num sobe e desce sem fim e usa muito a mesa de reuniões, ao lado, pois está constantemente com a turma de estilo da loja. O espaço é reservado e só clientes mais especiais têm acesso a ele, mas os colaboradores e parceiros estão sempre presentes”, comenta a decoradora.

Acima: para quebrar o cinza predominante no galpão, o vermelho dá o tom na sala da diretora de Estilo da Le Lis Blanc, Traudi Guida. Entras as peças que compõe o ambiente de 65m2, destaque para a estante vermelha, desenhada pela decoradora, mesa de centro (Via), banquetas (Depósito São Martinho) e a mesa de trabalho (Micasa).
Abaixo: a recepção da sede administrativa tem espaço amplo e confortável, mas com personalidade. A vedete do lugar é sempre a última capa da revista da Lelis.

Acima: o estilo arrojado está presente não apenas nos produtos da marca, mas na decoração dos ambientes da sede da empresa, como esta sala da produtora de desfiles, Silvia Borges.
Abaixo: amostras de tecidos e acessórios da moda são fontes de pesquisa e inspiração para as criações da Le Lis Blanc.
Os demais ambientes da sede atendem premissas essenciais ao desenvolvimento das atividades da empresa, como luz natural nas baias dos estilistas, sendo essas com alume privacidade, porém, visualmente integradas, além de sala de produções de desfiles, a própria recepção com muito espaço e as salas de atendimento, também com luz natural. “Nosso departamento de Criação trabalha muito com pesquisas reuniões de estilo e atendimento aos fornecedores. Por isso, os ambientes foram pensados de forma a garantir espaços individualizados para cada célula de estilo, sem perder o contato visual e a integração”, descreve Lusiana Curi, diretora de Operações da marca. Junto à sala da diretoria de Criação fica a de reuniões de estilo, que acontecem com frequência. Já os locais de atendimento aos fornecedores ficam fora da área de trabalho, com o objetivo de evitar interferência externa na rotina dos profissionais.
Acima: os modelos da Le Lis Blanc, quanto agradam os clientes nas vitrinas das lojas, são criados neste ateliê, onde fica o departamento de Criação. Aqui também acontecem as provas e ajustes das peças, para que o caimento fique perfeito.
Abaixo: área de desenvolvimento da linha Casa, que inclui principalmente acessórios para decoração, como almofadas, cinzeiros, porta-retratos e aparelhos de jantar, tudo exclusivo da marca.
Por outro lado, a integração desses estilistas com o pessoal de compras da empresa em um mesmo local agilizou muito o trabalho. Outro aspecto importante na composição dos ambientes da sede da Le Lis Blanc refere-se à discrição nas tonalidades, nos acabamentos e mobiliário. “Precisamos de um ambiente de trabalho que não brigue com as cores e estampas dos tecidos, por isso optamos por tons neutros e deixamos um toque de cor para os corrimãos e pequenas áreas”, conta Luciana. Com tudo isso, o projeto de interiores da sede, que já nasceu com premissas bem definidas, atende perfeitamente as necessidades da empresa e reflete diretamente na produtividade. Os colaboradores têm toda a estrutura de que precisam para trabalhar, com a facilidade de estarem próximos para trocar ideias de forma ágil e eficiente.
 
Acima: no lounge da loja, as alegres estampas da poltrona e do sofá (Atelier Design) contrastam com a parede e o piso escuros e com o tapete de zebra (FPK Couros).
Abaixo: na exposição dos produtos, as cores são neutras para que a atenção seja focada nas peças à venda.
“Nosso ideal era que o escritório da empresa tivesse o mesmo cuidado que temos com as lojas. Queríamos um ambiente prático e funcional, sem perder de vista a questão estética, e lembrando sempre que nossa atividade principal é moda”, afirma a diretora de Operações da marca. Com projeto de arquitetura e de interiores assina por Sig Bergamim, a loja loca na rua Oscar Freire, em São Paulo, tem uma exuberante fachada me madeira vidro vermelho, e é a mais pura tradução da essência da marca: sofisticada e moderna. Os quatro pavimentos abrigam os setores de moda (no térreo), casa e moda infantil (primeiro piso) e atacado (andares superiores).
Faz parte da cultura da empresa trabalhar fortemente com visual merchandising. Por isso, a cada grande novidade, como é o caso de uma remessa de mercadorias diferentes, a Le Lis Blanc troca toda a ambientação, mudando a cor das paredes. 

Fonte: Revista Kaza
(Visited 936 times, 1 visits today)
SHARE THIS

RELATED ARTICLES

17 COMENTÁRIOS

  1. Gostei muito da matéria não imaginava que uma empresa fizesse tantas mudanças assim na troca de uma coleção, sendo que isso envolve um custo bem alto, simplesmente porque ela acredita que estas mudanças interferem na criação, produção, etc… enquanto eu leiga achava que VM era só para vender mais.

  2. Adorei a Matéria. Mudanças constantes, em fim novidades sempre!!! Tenho orgulho em dizer que fiz parte desta equipe maravilhosa do estilo da le lis blanc, pois trabalhei na sede como modelo de prova e foi uma experiência única, Muito bom enquanto durou. Adorei me ver e rever todas da equipe do estilo que saudades. Fantástica matéria!!!

  3. É fácil notar que a modernidade e sofisticação estão no DNA dessa marca… O desejo de ivovar, de fazer tudo parecer um sonho… de além de estudar moda e vender moda, a marca faz com que você viva moda!!! Ela se preocupa com o conforto… com as cores, com a iluminação da loja, pra que assim as peças fiquem em evidência e encantem a quem as vê, tornando-as um objeto de desejo… A Le Lis é uma loja bem conceituada, e traz em cada detalhe a paixão pela moda…

  4. Engraçado dizer, mas apesar de eu não saber dessas informações quando eu bati o olho na loja da Oscar Freire já imaginei que seria um projeto do Sig Bergamim, adoro o trabalho dele.

    E de fato, a loja tem uma grande preocupação com o seu VM, é interessante perceber que isso se estende até o escritório de criação e contato com os fornecedores. Porque querendo ou não, a marca que sabe criar uma ambientação agradável para que seus clientes comprem, também saberá fazer o mesmo para que sua equipe encontre mais facilidades e aconchego para trabalhar.
    O que eu mais gostei de ver é o cuidado para que cada departamento não atrapalhe o trabalho do outro e também, criar ambientes neutros para não conflitar com as estampas dos tecidos.

  5. Uma materia muito interessante, uma loja que se preocupa com a ambientação interna e externa, realmente entende de VM. Uma ambientação perfeita, bem trabalhada e com detalhes que chamem a atenção do seu publico alvo, sem duvidas vai se destacar no mercado comercial da moda. A jogada com a luz, tonalidades de moveis e das paredes conquistam o cliente, as vezes muito mais que o produto, pois o cliente se sente bem em estar naquele lugar. As lojas de moda ou de outros setores deveriam investir nesse detalhe que enriquece a loja.

  6. É impressionante a preocupação que a marca tem não apenas com seus clientes, mas também com o bem estar de seus funcionários e colaboradores. Cada detalhe foi pensado para estimular a criatividade e o desempenho dos funcionários. Achei incrível as escolhas das cores que predominam os neutros mas com toques incríveis de cores fortes, que deu um aspecto moderno, alegre e elegante. Além disso, a decoração e disposição dos móveis formaram um ambiente organizado que permite colocar todas idéias em evidência.

  7. Acho que extrema importância uma empresa com o porte da Le Lis Blanc conseguir valorizar a inovação dos espaços de tal forma que torne a empresa única.
    Não é sempre que as empresas dão o devido valor em estar inovando todos os dias em coisas que possam parecer mínimas, porém que fazem toda a diferença.
    A criação de um ambiente inovador dentro da empresa, independente de ser o espaço da loja ou do escritório interno faz com que os funcionários se sintam impulsionados à inovar, entrando no clima da missão da loja e fazendo com que o ambiente se torne extremamente produtivo.
    Não há dúvidas que a loja utiliza de diversas formas estratégicas do Visual Merchandising, tanto que quando se fala de Le Lis Blanc muitas pessoas já lembram do cheiro da loja no mesmo momento.
    O fato de se criar todo o ambiente da loja interligado por espaços arrojados como diz a reportagem reflete no sucesso que a loja tem e em seus produtos únicos.

  8. Achei fantástica a idéia da Le Lis Blanc de mudar a ambientação da loja a cada nova coleção, pois leva até a vista do cliente não só o produto, mas também todo o conceito da coleção mostrando ao consumidor de onde vem a inspiração das cores e tendências criando um cenário que tudo fica interligado e motiva ao cliente a desejarem seus produtos.

  9. A matéria, bastante enriquecedora, indica como a Le Lis Blanc alcança os dois objetivos do visual merchandising: favorecer o ato de compra e afirmar a identidade da empresa, criando personalidade.
    É possível perceber a perfeita Congruência existente entre o espaço arquitetônico e os conceitos do visual merchandising nele aplicados. A atenção aos detalhes, boa estratégia de marketing sensorial, o uso bem dosado das cores buscando valorizar os produtos, a iluminação apropriada criando efeitos cênicos, a distribuição adequada do layout das áreas de trabalho buscando o agrupamento de funções afins e a integração visual, facilitando o fluxo de pessoas e informações de forma a tornar a atividade produtiva mais eficiente.
    Esta sinergia entre visual merchandising e arquitetura favorece a criação de um ambiente prático, funcional e estimulante que favorece a criação e demonstra respeito por seus colaboradores, fornecedores e clientes.
    Verifica-se assim, que a imagem desejada pela marca é a mesma imagem percebida pelo cliente, fato demonstrado pelo grande sucesso da Le Lis Blanc.
    Andreza Procoro – 17/06/2014

  10. Esta matéria acaba por confirmar a minha percepção como cliente e arquiteta do posicionamento da marca do mercado. A marca Le lis Blanc sempre foi uma referência no varejo. O cuidado com os detalhes é um diferencial da marca. Layout de loja sempre exclusivo e inovador sendo ainda mais valorizado por fazer parcerias com arquitetos de renome, distribuição de produtos impecável por estilo, enfim, inúmeros pontos positivos. O fato da Le lis possuir um escritório dentro do seu conceito de loja, valorizando o design, interatividade, inovação, bem-estar, acaba fortalecendo e fidelizando a equipe que constrói a marca, e assim consequentemente o cliente.
    Renata Penha – 24/08/2014

  11. A matéria é muito interessante me passou uma impressão de ser um excelente ambiente de trabalho e com uma participação coletiva de todos os funcionário
    A Le lis Blanc tem paixão pelo que faz e ao mesmo tempo compartilha com todos essa paixão .Achei de muito bom gosto o projeto arquitetônico e a forma como é utilizado o visual merchandising , o que demonstra que inovar é sempre preciso de forma harmônica pratica com objetividade e bom gosto.A marca tem um carinho especial com funcionários clientes ,produtos, ambientação em fim com o todo e isso os torna diferentes.

  12. Ao ler o artigo da marca, o que pude entender foi que a mesma busca fazer com que seus funcionários se sintam bem em seu ambiente de trabalho, sintam que o mesmo o trás conforto e que já que passam a maioria do seu dia nesse local o mesmo deve ser um ambiente agradável para que as pessoas trabalhem bem e com isso se tornem mais criativas.
    Um outro exemplo de empresa que segue esse exemplo é a Farm, onde na sua fabrica busca fazer com que o funcionário se sinta bem na mesma, fazendo com que o local de trabalho seja um local super agradável .
    Outro ponto abordado foi que os departamentos trabalham em conjunto, o Marketing trabalha junto com o Estilo, com a criação e todos trabalhando juntos formam um produto com a cara da marca.
    A Le Lis Blanc trabalha a arquitetura de suas lojas juntamente com o Visual merchandising, os dois andam juntos, pois quando a loja muda a coleção a disposição da loja é mudada, juntamente com as cores das paredes e seus revestimentos. O que faz com que os dois andem juntos fazendo com que o VM não parece que pousou na loja sem nenhum propósito

  13. O ponto mais importante é a integração com harmonia entre os departamentos presentes no projeto: área administrativa, estilo e estoque central.
    Vale ressaltar a escolha das cores para compor o projeto como o vermelho na sala da diretora e a mudança das cores na remessa de mercadorias.
    Hoje em dia falando-se cada vez mais em sustentabilidade nas empresas fica evidente a preocupação com o meio ambiente no aproveitamento da luz natural em alguns setores.
    A recepção confortável e o local de atendimento aos fornecedores separado das demais áreas para não interferir na rotina dos profissionais mostra a preocupação com as pessoas.
    Tudo isso reforça a imagem e mostra que a empresa esta atenta e preparada para atender as expectativas tanto de seus colaboradores como dos seus clientes.

  14. O ponto mais importante é a integração com harmonia entre os departamentos presentes no projeto: área administrativa, estilo e estoque central.
    Vale ressaltar a escolha das cores para compor o projeto como o vermelho na sala da diretora e a mudança das cores na remessa de mercadorias.
    Hoje em dia falando-se cada vez mais em sustentabilidade nas empresas fica evidente a preocupação com o meio ambiente no aproveitamento da luz natural em alguns setores.
    A recepção confortável e o local de atendimento aos fornecedores separado das demais áreas para não interferir na rotina dos profissionais mostra a preocupação com as pessoas.
    Tudo isso reforça a imagem e mostra que a empresa esta atenta e preparada para atender as expectativas tanto de seus colaboradores como dos seus clientes.

  15. O layout e designer interior da empresa proporciona interatividade, estimula criatividade, expressa a essência da marca e é muito funcional, resultando em um projeto excelente.
    Me parece muito interessante o link entre loja e escritório,porque no escritório se cria tudo que será vendido na loja e é muito importante que as "paredes" comuniquem, inspirem e relembrem quem a marca é e o que defende.
    A ideia de trocar as cores das paredes e organização dos produtos a cada novidade é essencial para ajudar no impacto de persuasão sobre os clientes, porque comunica sem falar: Temos novidade no ar!

  16. PODE-SE PERCEBER QUE A EMPRESA PENSOU EM TUDO:
    -NO BEM ESTAR DE SEUS COLABORADORES;
    -MUDA A AMBIENTAÇÃO DA LOJA A CADA COLEÇÃO;
    -LAY-OUT EXCLUSIVO, FICANDO ASSIM MAIS VALORIZADA;
    -POSSUI UM ESPAÇO ALTAMENTE DECORADO E RESERVADO SOMENTE PARA CLIENTES EXCLUSIVOS;
    -PREOCUPAÇÃO COM A SUSTENTABILIDADE, USANDO LUZ NATURAL EM ALGUNS DE SEUS SETORES.

    É IMPRESSIONANTE VER COMO UMA EMPRESA, ALEM DE TODAS ESSAS VANTAGENS, POSSUI TUDO EM UM ÚNICO LUGAR.

    A EMPRESA TAMBÉM NOS MOSTRA QUE O SEU VISUAL MERSHANDISING ESTÁ LIGADO EM TODOS OS SETORES DA LOJA.

  17. Esta empresa demonstra interesse em transparecer o glamour das peças que produz não apenas nas lojas, mas também em todos os detalhes das instalações de sua sede, que apesar de práticas e funcionais, se baseiam na aproximação e interatividade, inserindo parceiros e colaboradores neste contexto, proporcionando uma sinergia inovadora e conferindo personalidade à imagem de uma marca sofisticada e moderna.

    Mariane Macedo Santos

LEAVE COMMENT

Curso livre a distância

CURSO LIVRE (a distância) EM VISUAL MERCHANDISING DE MODA

O curso online de Visual Merchandising de Moda do MMdaMODA abrange conceitos teóricos e práticas de mercado e está pautado em fotos, vídeos, cases de sucesso e materiais complementares, como artigos e reportagens.

Saiba mais