Período Elizabetano

2511849991_4795fce894_o
Semana passada discuti com os alunos do SENAC Jundiaí sobre a história da moda no período renascentista e, coincidentemente, ontem o filme “Elizabeth – A Era de Ouro” foi exibido pelo Telecine. Oportunidade impar para aprofundarmos os estudos do período.
Elizabeth, apesar de ser um filme histórico, teve muita abrangência no Brasil à época de seu lançamento em 2007, apesar de existirem diversas críticas ao filme, como o fato da Rainha Elizabeth ter 52 anos de idade em 1585, mas ser representada por uma jovem (Cate Blanchet) de apenas 36 anos; ou o seu galanteador, Ivan, o Terrível, ter morrido oficialmente um ano antes da data do filme, em 1584; ou, ainda, em uma discussão mais conceitual, muitos historiadores afirmam que Elizabeth I nunca teria lutado lado a lado dos soldados ingleses, usando armadura e espada em mãos.
Mas, questões históricas a parte, o filme ganhou o Oscar de melhor figurino. E isso é inquestionável! A figurinista Alexandra Byrne (mesma do “O Fantasma da Ópera”) fez um trabalho esplendoroso e meticuloso. Reconstruiu a corte inglesa fielmente a seu tempo, ilustrando perfeitamente a indumentária de cada classe social, os detalhes de bordados, cores e tecidos corretos. A qualidade do figurino leva o expectador a projetar-se no ano de 1585. A história, mais uma vez, ganha vida.
Ficam duas questões para nossa reflexão. A Inglaterra, assim como quase toda a Europa, sofreu influências estilísticas da Espanha durante a Era Elizabetana. Quais são essas interferências espanholas que a Moda da Inglaterra herda? E quais são as diferenças entre a Moda dessas duas nações nesse mesmo período?
(Visited 2.096 times, 1 visits today)
SHARE THIS

RELATED ARTICLES

12 COMENTÁRIOS

  1. As interferências espanholas que a Inglaterra herda são:
    – gibão acolchoado (para deixar o usuário encorpado no peito e deixar a cintura mais fina)
    – rufo (contribui para maior ar aristocrático da elite, mostrando que essas pessoas não precisavam trabalhar);
    – rufo feminino era aberto na frente, deixando o colo exposto
    – chemise (um tipo de camisa, feita em linho ou algodão, usada por homens e mulheres, com a intenção de proteger a vestimenta exterior do suor);
    – corpetes para definição da silhueta (com formato de cone invertido);
    – capa, jaqueta de couro sem mangas e uma segunda jaqueta mais ajustada ao corpo(para homens);
    – farthingales (tiras de metal unidas para armação das saias e efeitos);
    – bordados com fios de ouro e prata;
    – decote horizontal, com bordas da chemise;
    – golas altas e sóbrias.

    As diferenças entre a Moda dessas duas nações nesse mesmo período foi que na Espanha havia o uso predominante de preto e as roupas acenturavam-se no centro do corpo, aspectos não incorporados pela Inglaterra.

  2. A Inglaterra herda os decotes horizontais, golas altas deixando o colo exposto, postura rígida graças ao corpete engomado. Em contra partida a Inglaterra manteve algumas características próprias como a saia armada e não aderiu aos tecidos pretos conforme o próprio filme mostra no início mas, ao final os vestidos eram mais escuros porém sem bordados o que seria ao contrário dos espanhóis com vestidos escuros e cheios de bordados. Lucia Araujo (SENAC jundiai)

  3. As interferencias Espanholas que a Inglaterra herda sao para homens o estilo militar, a armaçao dos vestidos para as mulheres e os colarinho bufantes para ambos.
    As diferenças entre as duas naçoes sao que na Inglaterra os vestidos eram mais trabalhados, as cores eram mais vibrantes, eram mais glamurosos e o vestido da rainha era sempre muito mais chamativo.Na Espanha, percebe-se que os vestidos nao eram trabalhados com anto glamour, as cores eram mais neutras e o vestido da rainha nao chamava tanto a atençao.

    Larissa Scarabelini

  4. Nesse período a moda espanhola usa tecidos negros, bordados com fios de ouro e prata, decotes horizontais exibindo bordar de chemise. Golas altas e sobrias, postura rígida e elegante.
    Já os ingleses usavam adornos de cabeça, rofu com várias camadas, muito bordados, laços, enfeites de ouro e pedras. As saias eram largas e recheadas com várias armações e mangas fofinhas. A rainha Elizabeth foi um ícone na moda por sua ousadia e excesso nas roupas.
    As influências que a Espanha causou na Inglaterra foi a introdução de cores mais sobreas , muitos bordados e a diminuição do rofu para colas sem volumes.

  5. As interferências espanholas na Inglaterra que eu pude perceber foram na modelagem e no predomínio do preto nas roupas masculinas.

    E as diferenças são que os modelos das roupas inglesas eram mais elaborandos na modelagem e as cores eram mais fortes e vivas, fica como exemplo as roupas da Rainha Elizabeth e de suas criadas. Enquanto que na Espanha as roupas eram mais simples e com predominio de cores nude, como se pode observar nas roupas da filha do Rei Filipe.

  6. As interferências foram :
    rigidez das roupas,os corpetes eram engomados , e mantidos no lugar com um tipo de tecido mais resistente a saia era armada.As diferenças são que na Inglaterra as cores eram mais intensas onde apenas a rainha podia usar onde as outras usavam tons pastéis já na Espanha as cores não eram tão fortes e intensas como na Inglaterra.

  7. As influências herdadas da Espanha pela Inglaterra foram os bordados com fios de ouro e prata, as golas altas de cores claras, posturas rígidas, cintura no centro do corpo, corpetes para definir a silueta com formato de cone invertido.
    As diferenças da moda nesse período são as cores, na Inglaterra usavam cores mais escuras.

  8. A Inglaterra utilizou de algumas caracteristicas da moda espanhola. Entre elas estão os bordados (feitos de ouro e prata), as golas altas e os corpetes (que definiam a cintura).
    As diferenças estão nas cores, que na moda espanhola eram mais claras.

  9. As Influencias que a inglaterra herdo da espanha foram os rufos, os espartilhos os bordados e os vestidos volumosos que eram tipicos da época
    A diferencia entre as duas é que os vestidos da inglaterra por serem pessoas protestantes não tinha decotes porem era mais sofisticados e na espanha por serem catolicos eram mais liberal !

  10. As semelhanças da Inglaterra e a Espanha são
    como bordados feitos em fios de ouro e prata,os corpetes e golas rufos.
    as diferenças estão nas cores que na Espanha eram mas escura.

  11. As interferências espanholas que a Inglaterra herdou,foram os colarinhos de pescoço(rufos),preto e branco mais valorizados, os ombros, a cintura foram demarcadas e as pregas passaram a realçar os quadris,a adoção de roupas inteiramente pretas.

    As diferenças entre a Moda das duas nações podia-se notar,nas mangas e decotes,as roupas inglesas eram de cores vivas,enquanto as espanholas,eram cores mais sóbrias,com predomínio do preto. A Moda da Espanha era mais “discreta” para expressar a formalidade do país,e a influência da religião. Enquanto na Inglaterra podia-se observar o que os decotes passavam a ser mais explorados,o abandono dou véu e um corpete mais justo.

LEAVE COMMENT

Curso livre a distância

CURSO LIVRE (a distância) EM VISUAL MERCHANDISING DE MODA

O curso online de Visual Merchandising de Moda do MMdaMODA abrange conceitos teóricos e práticas de mercado e está pautado em fotos, vídeos, cases de sucesso e materiais complementares, como artigos e reportagens.

Saiba mais