Jum Nakao – Costura do Invisível (SENAC CAMPINAS)

nakao

Quarta-feira passada, dia 24/11, teve a palestra do Jum Nakao no SENAC Campinas. Eu fui, claro! Queria muito poder expressar aqui tudo aquilo que senti nos 190 minutos de explanação do sr. Nakao, mas, me conformei, isso não será possível. Só posso confirmar uma coisa: nunca em envolvei e me emocionei tanto em uma palestra.

Há 20 anos trabalhando com moda, Jum se questionou sobre o que ele estaria agregando nas pessoas. O que ele fazia pelo outro?  O quanto à moda havia o embrutecido? Acho que as respostas não foram muito positivas, pois em 2004 ele resolveu encerrar suas atividades como estilista. A (famosa) coleção Costura do Invisível foi seu último trabalho e, como deveria ser, tinha que fechar com chave de ouro. Junto de sua equipe (ele enfatizou muito que seu trabalho jamais seria o mesmo sozinho) ele mergulhou em um mundo interior na tentativa de buscar a melhor forma/tema para expressar sua nova visão de mundo.
Nakao optou por uma coleção em papel porque é nele que nascem os esboços das grandes ideias, é de onde se faz o dinheiro, mas, ao mesmo tempo, alguns acham que uma folha em branco não vale nada. Fazer a coleção toda em papel (além de um desafio técnico) seria provar que o que importa não é o que está escrito, mas sim a mensagem que se deixa. O invisível que só podemos sentir.
A coleção foi pautada em dois grandes temas: oceano e século XIX. O oceano em alusão ao seu mergulho interior na busca de respostas pessoais e profissionais. É fácil ver que a passarela foi toda decorada com anêmonas de cones de papel (mais de 7 mil). Já o século XIX foi revisitado em função de toda a riqueza e elaboração nas construções têxteis. Era nesses shapes que Nakao encontraria mais uma ferramenta necessária ao seu processo criativo. Encantar o espectador era uma forma de prendê-lo ao tema, trazer uma sensação pouco vivida nos dias de hoje e, por fim, chocá-lo quando as peças são todas destruídas. Se assim não fosse, não seria possível entendermos que o valor intencional é muito maior do que a construção material em sim.
Não posso redigir tudo o que ouvimos extasiados naquele auditório. Sugiro que não percam uma próxima oportunidade. Mas posso testemunhar que sua obra, muito a quem da efemeridade banal da moda, tornou-se um marco reverenciável para todos os profissionais e, de uma forma muito intima, me tocou verdadeiramente.
No final da palestra (ou foi terapia?!) alguém o questionou dos seus motivos para ter desistido da moda (de fato ele não desistiu, pois notou que é através da educação que o mundo pode ser mudado, seria através da educação que ele conseguiria tocar e mudar as pessoas de alguma forma positiva. E, por isso, hoje ele é professor de moda ministrando oficinas Brasil a fora) e quando ele, sabiamente, respondeu: a vida é feita de ciclos, e se não quebrarmos àqueles completos, jamais começaremos novos.
Obrigado Jum!
(Visited 106 times, 1 visits today)
SHARE THIS

RELATED ARTICLES

LEAVE COMMENT

Curso livre a distância

CURSO LIVRE (a distância) EM VISUAL MERCHANDISING DE MODA

O curso online de Visual Merchandising de Moda do MMdaMODA abrange conceitos teóricos e práticas de mercado e está pautado em fotos, vídeos, cases de sucesso e materiais complementares, como artigos e reportagens.

Saiba mais