Inspiração e referências para vitrines

vitrinemondrian
Nem sempre é fácil ter ideia do que fazer na vitrine, pensamos, pensamos e a inspiração não vem. Neste post vou dar algumas dicas para que não falte imaginação e inspiração, além de algumas referências que podem ajudar nesse processo.
 +
Ruas
Andar com o olhar sempre atento e minucioso aos grafites nos muros, paredes de casas e lojas independentes é algo que está em voga. A arquitetura das casas antigas e modernas tem sempre coisas incríveis a revelar, como o trabalho de cores e contornos muito interessantes. Feiras livres têm aromas e criatividade na exposição de produtos e, ainda hoje, é uma experiência de compra que o consumidor não abre mão. As calçadas trazem texturas e desenhos, as cores são basicamente escalas de cinza, mas algumas podem surpreender com tonalidades avermelhadas.
+

 +
Fotografias
São praticamente  cenários prontos, algumas mais elaboradas e outras simplificadas mas que transmitem a mensagem com a mesma intensidade. Elas trazem um universo de possibilidades na criação de vitrines. Em fotos profissionais há o cuidado com a iluminação, composição e contrastes de cores, tudo com o mesmo cuidado que devemos ter quando montamos uma vitrine, porque tudo deve estar em harmonia e a mensagem deve ser clara para o consumidor.
+

+
Quadros
É possível ir num museu e ficar por horas fruindo uma obra de arte, analisando cada detalhe, traços, harmonia de cores, espaço, enfim, a mensagem que o artista deixou. A imagem contida ali tem uma história que conta um pouco do que estava se passando no mundo àquela época e, por isso, é importante saber sobre história, não só para entender a obra, mas para aguçar nossos sentidos, afinal, nosso trabalho envolve muito estudo e pesquisa de enriquecimento da bagagem cultural e referências para os trabalhos futuros.
+9
Piet Mondrian
+
Filmes
Além de usar filmes tradicionais do cinema como referência, o que é bem interessante e agrada uma grande parcela do público consumidor, podemos buscar inspiração em filmes alternativos, que têm uma preocupação artística maior e que podem ser mais úteis para um público específico. Os filmes trazem uma experiência mais completa, pois além das imagens e cenários, há o figurino, a enredo que nos emociona profundamente e a trilha sonora que atiça ainda mais nossa experiência sensorial.
+
+
Livros
Os livros nos estimulam a criar os cenários com as experiências que acumulamos ao longo da nossa vida, os textos descrevem minuciosamente os detalhes das ações e dos lugares em que está acontecendo a trama, não precisamos ver, nossa mente desenha as cenas com a descrição do autor e nosso consumidor pode ser levado para esse universo também.
+
Esse pequeno apanhado de coisas pode nos trazer inspiração, com um olhar um pouco mais atento percebemos que há muito mais ao nosso redor do que imaginamos. A inspiração está em cada paisagem e objeto e, para construir cenários inspiradores, a referência pode estar nos pequenos detalhes.
 
(Visited 536 times, 1 visits today)
SHARE THIS

RELATED ARTICLES

LEAVE COMMENT

Curso livre a distância

CURSO LIVRE (a distância) EM VISUAL MERCHANDISING DE MODA

O curso online de Visual Merchandising de Moda do MMdaMODA abrange conceitos teóricos e práticas de mercado e está pautado em fotos, vídeos, cases de sucesso e materiais complementares, como artigos e reportagens.

Saiba mais