O uso do AutoCAD no visual merchandising

AutoCADvisualmerchandisingarquiteturacomercial-1
O entendimento do varejo brasileiro sobre a importância do visual merchandising tem impulsionado a procura por escritórios de Arquitetura Comercial. Existem diversos pontos estratégicos a serem considerados antes de se executar um projeto de Store Design que fogem as questões arquitetônicas, por isso muitos arquitetos estão se especializando em arquitetura do varejo para atender esse nicho de mercado cada vez mais exigente e preocupado com o posicionamento de suas marcas.
 +
Para o arquiteto comercial é indispensável o domínio de recursos digitais como o AutoCAD, um dos softwares mais utilizados por arquitetos e designers para o desenvolvimento de projetos. Além de conhecer cada detalhe da arquitetura de uma loja através do desenho técnico (planta baixa) é preciso entender todos os fluxos de clientes, funcionários e produtos dentro da loja e isso só é possível em estudos in loco.
 +
+
Existem diversos livros e cursos que ensinam na teoria as principais estratégias do Visual Merchandising, mas é na prática que tudo se torna mais claro. Certas situações são mais fáceis de serem entendidas quando se está dentro de uma loja observando o comportamento dos clientes, tais como:
+
– O espaçamento entre os equipamentos e a própria funcionalidade dos mesmos
– A localização de caixas e provadores
– O sentido da trilha de circulação dos clientes
– A profundidade entre a trilha e os equipamentos nas paredes
– A distribuição estratégica dos equipamentos no layout
 +
Entender como funciona o varejo aumenta a capacidade do arquiteto de propor melhorias e soluções estratégicas para a loja e o AutoCAD é seu principal aliado nesse trabalho, pois além do desenvolvimento da planta baixa é possível também calcular áreas, separar layouts em diferentes layers, entre outros recursos.
 +
Um arquiteto que deseja trabalhar com visual merchandising pode atuar tanto em escritórios de Store Design quanto em grandes redes varejistas que têm profissionais com dedicação exclusiva para atender as suas demandas internas, tais como mudanças estratégicas de layout, o desenvolvimento de novos equipamentos, a implantação ou reforma de um novo ponto comercial e até a implementação de um novo departamento.
 +
A arquiteta Ingrid Fujisawa, formada pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC Campinas), atua em uma rede varejista e cuida do desenvolvimento de diversos projetos da marca, e reforça a importância do AutoCAD para o Visual Merchandising. “Esse recurso é utilizado por
profissionais da área da construção civil (engenheiros e arquitetos), designers e até mesmo artistas plásticos, por isso é a melhor ferramenta para o estudo arquitetônico e a implantação do layout dos equipamentos no PDV”.
+
Fujisawa explica também que existem diversos softwares de CAD, porém o mais utilizado é o AutoCAD, da AutoDesk, que pode ser adquirido na versão grátis para estudantes no próprio site da marca. Dada a importância do software, ela compartilhou algumas dicas e instruções importantes para um melhor desempenho do AutoCAD para projetos 2D.
+
Layers são diferentes camadas que podem ser criadas no decorrer do desenho, pode-se diferenciá-los através das cores, dos tipos de linha (contínua, tracejada, pontilhada), penas (espessura de linha). O mais usual nessa organização é Layer 1 para Paredes, Layer 2 para Portas e Janelas e Layer 3 para Equipamentos.
 +
Os blocos também são ótimos para agilizar o processo do desenho. Crie blocos dos objetos que serão movidos ou copiados com mais frequência, como os equipamentos, por exemplo. DICA: selecione o objeto por inteiro, digite a palavra BLOCO na caixa de comandos e em seguida aperte enter, nomeie seu bloco com um título fácil de ser encontrado quando precisar usá-lo novamente.
 +
As Cores são ótimas ferramentas para melhorar o entendimento das Plantas Baixas, para que sua impressão seja colorida, utilize a aba True Color no painel de Layers e crie Layers diferentes para cada segmento da loja, por exemplo Feminino / Masculino / Infantil.
+ ++

 +
Veja alguns comandos que poderão auxiliar no desenho:
+
1.  Regen ou “R” – melhora a resolução das linhas
2.  Trim – corta linhas
3.  Join  – une linhas tornando uma só
4. Purge – limpa o desenho de linhas, layers e objetos que não estão sendo utilizados.
5. Extend – estende as linhas até o ponto mais próximo.
+
O site CAD Blocos disponibiliza gratuitamente diversos blocos prontos para fazer o download, porém não existe nenhuma categoria específica para projetos de loja, até porque é muito comum que cada empresa desenvolva seus próprios equipamentos, mas alguns possuem tamanhos padronizados e são utilizados pela maioria dos varejistas.
+
Dessa forma, a arquiteta Ingrid Fujisawa disponibilizou gratuitamente um Bloco de Equipamentos em Planta Baixa para o MMdaMODA. Você pode fazer o download aqui.
+
Além do AutoCAD existem outros recursos indispensáveis para o desenvolvimento de projetos, principalmente de equipamentos e acessórios para PDV, é o caso do SketcUp, software CAD de fácil uso, que opera num ambiente 3D. Esse será o tema do próximo artigo.

(Visited 2.304 times, 1 visits today)
SHARE THIS

RELATED ARTICLES

LEAVE COMMENT

Curso livre a distância

CURSO LIVRE (a distância) EM VISUAL MERCHANDISING DE MODA

O curso online de Visual Merchandising de Moda do MMdaMODA abrange conceitos teóricos e práticas de mercado e está pautado em fotos, vídeos, cases de sucesso e materiais complementares, como artigos e reportagens.

Saiba mais