Tipos de cabide e formas de uso no varejo

cabidescriativosvisualmerchandising-1
A forma como os cabides são utilizados num closet e numa loja é diferente. Num closet os cabides não precisam ser necessariamente iguais, além disso, existe a possibilidade de se utilizar vários modelos para cada tipo de roupa, já no ponto de venda necessitamos da padronização para deixar o ambiente uniforme.
 +
O ideal é escolher um tipo (de madeira, de plástico, de acrílico) para manter uma harmonia visual. A diferença entre os cabides tem que estar na sua função e não no tipo. Veja a seguir a funcionalidade de cada cabide para o ponto de venda.
 +
Cabides estruturados (anatômicos) 
Os cabides de madeira são mais resistentes, por isso são indicados para casacos e peças mais pesadas. Os de plástico podem ser utilizados para blazers, por exemplo. O modelo com barra serve para expor a calça dos conjuntos como tailleurs e ternos e a ponta mais arredonda ajuda a proteger as ombreiras desses produtos.

+
Cabides com Presilha 
São indicados para bottons (peças usadas na parte de baixo do corpo) como calças, saias, bermudas e shorts avulsos.  O modelo de tamanho menor é usado para expor calcinhas de biquínis e lingerie. Além disso, blusas e vestidos do modelo  “tomara que caia” devem ser expostos nesse tipo de cabide para evitar que deslizem e caiam a
qualquer manipulação. Alguns modelos de cabide liso permite que se adicione presilhas avulsas conforme a necessidade de uso.
 +
+
Cabides simples
Esse cabide com abertura na parte de cima e de baixo é indicado para todo tipo de top (roupas usadas na parte de cima do corpo) como blusas, camisas, jaquetas, regatas, camisetas, etc. As blusas com alças não correm o risco de escorregar e cair quando fixadas na abertura na parte de cima do cabide. Os vestidos também ficam bem expostos nesse tipo de cabide.
+
+
Cabides para lingerie
Esse modelo de cabide é especifico para expor calcinhas e sutiãs pois é possível fixar as alças nas aberturas superiores e uma calcinha nas aberturas laterais.
+
 +
Cabides para biquínis
Os biquínis podem ser expostos em cabides com presilha, mas esses modelos valorizam mais o produto pois mostram as peças abertas evidenciando detalhes para o cliente.
+
5 DICAS PARA ESCOLHER O CABIDE MAIS ADEQUADO
  +
1. É importante que o gancho do cabide seja giratório para que a frente do produto esteja sempre voltada para o consumidor.
+
2. Todas as aberturas de gancho dos cabides devem estar sempre no mesmo sentido e viradas para a barra (e não para o consumidor), assim fica mais fácil para o cliente remover o produto do equipamento e a equipe de VM repô-los.
+
3. Cabides metálicos ocupam menos espaço nas araras e estoque, porém eles deformam o produto e com o tempo podem enferrujar e manchar as roupas.
+
4. Os cabides também podem comunicar e agregar valor a marca, por isso nunca os escolha somente pelo preço, mas sim pela imagem que transmitem, isto é, mais descolados (coloridos), mais sofisticados (de madeira), personalizados (exclusivos) etc.
+
5. Você pode desenvolver cabides diferenciados para linhas de produtos específicos, setores pontuais, mini-coleções… sendo práticos de manusear e cumprindo o objetivo de valorizar o produto, a criatividade é o limite!
 +
* Carla Barroso Marks é colunista colaborativa do MMdaMODA. Tecnóloga em Processamento de Dados e Pós-Graduada em Gerenciamento de Marketing, trabalha na área de Visual Merchandising & Store Design desde de 2003 no varejo de moda e também atua na área como consultora (carlamarks@terra.com.br).
(Visited 2.177 times, 2 visits today)
SHARE THIS

RELATED ARTICLES

2 COMENTÁRIOS

    1. Sim, não há dúvidas. Colmeias devem ser usadas apenas para produtos básicos ou em lojas atacadistas, nas quais o cliente compra pelo catálogo ou pela peça de mostruário. Os cabides estimula o cliente o tocar no produto e, como já se comprovou, ao manusear os produtos ele tem seu desejo de compra e percepção de valor aumentados. Os cabides também valorizam as mercadorias.

LEAVE COMMENT

Curso livre a distância

CURSO LIVRE (a distância) EM VISUAL MERCHANDISING DE MODA

O curso online de Visual Merchandising de Moda do MMdaMODA abrange conceitos teóricos e práticas de mercado e está pautado em fotos, vídeos, cases de sucesso e materiais complementares, como artigos e reportagens.

Saiba mais