O que a C&A tem a ensinar sobre store design?

flagshipCAVisualMerchandising
Durante o 12º Backstage do Varejo, que ocorreu dia 30/09, as temáticas iluminação e store design foram o pauta do dia. A palestra sobre o assunto Store Design contou com a participação de Eduardo Trajano, Gerente de Engenharia e Arquitetura da Riachuelo, e Elio França, Diretor de Operações da C&A Modas.
Sobre a C&A, Elio França falou das mudanças que ocorreram e continuam ocorrendo nas lojas de toda a rede. A principal alteração foi na loja do Shopping Iguatemi São Paulo, que foi transformada em uma flagship (loja conceito). França destacou que antes a reforma quem comprava nessa unidade da rede  – que fica na entrada do shopping – saia da loja direto para o ponto de ônibus. Hoje as consumidoras da C&A do Shopping Iguatemi São Paulo saem da loja e circulam normalmente pelo shopping.
                                                                 +
O ponto principal dessa mudança de comportamento foi a maneira como o consumidor passou a enxergar a C&A e seus produtos dentro do principal shopping de luxo do país. Essa revolução não ficou restrita a uma unidade, as demais lojas da rede também estão passando por transformação, principalmente as lojas brancas (como são chamadas as lojas antigas da rede), por não terem conceito nenhum de design e exposição.
 +
As lojas novas que são chamadas de New Concept são mais amplas, modernas, possuem conceitos de exposição e visual merchandising mais elaborados e, principalmente, proporcionam uma experiência de compra diferenciada ao cliente.
 +
 +
Para iniciarem toda a reformulação na rede foi preciso um trabalho de pesquisa de varejo e store design em grandes capitais do mundo e, o curioso, é que a C&A não fez sua pesquisa nos países da Europa ou nos Estados Unidos, como de costume no setor, eles foram atrás de informações em nomes que vêm mostrando um grande desenvolvimento no varejo de moda como Tóquio, Dubai e Hong Kong.
 +
A experiência de compra foi a grande motivadora na decisão das mudanças, é na verdade a tendência do mercado: proporcionar  um estimulo significativo para o cliente! França explicou em sua palestra que os produtos da C&A são iguais para todas as lojas da rede (Flagship, New Concept e Loja Branca), mas quando um cliente vê o produto em uma Loja Branca e depois o vê em uma loja New Concept, ele tem certeza que o produto é completamente diferente – sendo que não realidade trata-se do mesmo artigo!
 +
Sendo assim, o que mais importante podemos extrair da experiência da C&A? Que existe um mercado extremamente competitivo vendendo produtos similares (quando não iguais) e ganhar vantagem competitiva significa saber proporcionar experiências valiosas na hora da realização da compra, seja em um ambiente interativo com o cliente, em um espaço aconchegante ou num ambiente moderno, pois a certeza é que qualquer um desses esforços tende ao incremento de valor percebido pelo consumidor.
(Visited 553 times, 1 visits today)
SHARE THIS

RELATED ARTICLES

LEAVE COMMENT

Curso livre a distância

CURSO LIVRE (a distância) EM VISUAL MERCHANDISING DE MODA

O curso online de Visual Merchandising de Moda do MMdaMODA abrange conceitos teóricos e práticas de mercado e está pautado em fotos, vídeos, cases de sucesso e materiais complementares, como artigos e reportagens.

Saiba mais