Três atributos para o sucesso varejista: localização, localização e localização

localizaC3A7C3A3olojasmoda2
+
Como diz o bordão bastante difundido no varejo, o segredo de um bom negócio está pautado em três atributos: Localização, Localização e Localização. Assim define três renomados autores da área, Simon P. Anderson, Jacob K. Goeree e Roald Ramer no artigo “Location, Location, Location”.
+
Logo, a escolha do ponto comercial não é tarefa fácil, requer bastante pesquisa, estudo e empenho, já que um local pode ser estruturalmente bom, mas o negócio pode fracassar por falta de clientes que o visitem.
 +
Dessa forma é preciso avaliar vários fatores para acertar na localização de um negócio. Vamos falar um pouco sobre alguns desses fatores.
 +
Público-alvo: É necessário saber quem é seu público, para quem vai vender seus produtos, ou seja, quem é seu cliente. E, a partir daí, identificar se a sua loja está próxima dessas pessoas, seja próximo da residência, do trabalho ou no caminho entre ambos. E não só uma definição genérica, quanto mais especifica for a análise, maior a chance de sucesso da sua escolha. Então é importante saber: classe social, faixa etária, gênero, costumes, onde costumam circular, como costumam se locomover etc. Nesse aspecto o Geomarketing pode ser decisivo. O mais importante, no entanto, é conhecer o momento de compra do seu cliente: é uma compra programada, compra por impulso, compra por conveniência. Isso tudo já sinaliza onde sua loja deve estar!
 +
Concorrentes diretos: são aqueles que vendem o mesmo produto que o seu, pelo mesmo canal, na mesma faixa de preço para o mesmo público-alvo. Escolher um ponto comercial perto dos seus concorrentes diretos pode ser estratégico, já que os clientes preferem locais onde tenham maior opção de comparação. Mas, cuidado, verifique se o mercado neste local não está saturado para o seu tipo de produto e garanta que você terá algumas qualidades superiores aos daqueles concorrentes já estabelecidos na área.
 +
Rua/Localização: lojas de rua e de shopping têm suas características positivas e negativas. Conheça todas! Por exemplo, lojas de rua têm as intempéries (sol, chuva, frio, vento…) como um fator importante a ser observado, além da baixa segurança para o lojista. Já as lojas de shopping têm alto custo operacional e regras muito regidas a serem seguidas. Para shoppings vale evitar final de corredores, escadas rolantes que sobem e meio de “quadras”.
 +
Estacionamento: prefira locais onde possa ofertar vagas de estacionamento, a comodidade é decisiva na hora do cliente sair de casa para ir às compras.  Além da comodidade, um fácil acesso e a sensação de segurança e tranquilidade que o cliente tem, faz com que ele se sinta mais atraído ir ao local e, consequentemente, visite mais e fique mais tempo na sua loja.
 +
Assim, você tem dois caminhos para escolher um ponto comercial:
 +
– Se já tem uma marca e mix de produtos procure onde estão os potenciais clientes para sua marca e se estabeleça lá – essa estratégia é mais complexa;
 +
– Se você ainda não tem marca e mix de produtos encontre primeiro o local ideal e depois formate sua marca a realidade daquele público que você vai atender estando naquele ponto comercial – essa estratégia é menos complexa.
 +
Lembre-se também que o espaço encontrado deve ser adequado ao seu projeto de negócio: se tem a metragem adequada, espaço para funcionários, área para estoque, os custos de reforma, a circulação no interior da loja (evite andares e muitos cômodos), há espaço para vitrinas etc.
+
Avaliando isso tudo sua escolha certamente será mais assertiva.
(Visited 143 times, 1 visits today)
SHARE THIS

RELATED ARTICLES

LEAVE COMMENT

Curso livre a distância

CURSO LIVRE (a distância) EM VISUAL MERCHANDISING DE MODA

O curso online de Visual Merchandising de Moda do MMdaMODA abrange conceitos teóricos e práticas de mercado e está pautado em fotos, vídeos, cases de sucesso e materiais complementares, como artigos e reportagens.

Saiba mais