Exibitécnica: a exposição de paredes

exposicao-parede-visual-merchandising-exibitecnica
As paredes são muito importantes na apresentação de uma nova coleção, digo nova, porque nelas só se pode colocar o que há de novo e premium. Por isso devem ser tratadas com muito cuidado, principalmente as que fazem parte da
entrada da loja. São elas que têm o objetivo de apresentar ao cliente os melhores produtos da coleção e aqueles que acabaram de chegar à loja.
 +
As paredes causam a primeira impressão no cliente e ocupam uma boa parte do campo visual de quem entra na loja. Alguns consumidores antes mesmo de entrarem ficam espiando do lado de fora, para ver se encontram algo que os estimule, portanto, essas paredes próximas à entrada fazem de certa forma às vezes de uma vitrine.
 +
Esse recurso é mais utilizado em lojas de público mais popular que demandam produtos massificados. Isso porque se tratando do grande varejo de moda o minimalismo não cabe, normalmente é um sistema de autosserviço, no qual é preciso chamar a atenção dos clientes. Por isso as técnicas de visual merchandising aplicadas as paredes, exibitécnicas, são fundamentais, uma vez que somente expor os produtos de forma aleatório pelos equipamentos da
loja não os valoriza adequadamente.
 +
Montar parede é um recurso de visual merchandising para aumentar a exposição de produtos. Dentro desta técnica cada marca cria suas próprias regras do que pode e não pode ser exposto ali, isso é a identidade, e as lojas precisam seguir essa padronização para que o cliente identifique facilmente sua loja preferida independente de onde estiver localizada.
+
No varejo de moda são trabalhados dentro de cada setor dois temas ou mais, cada qual com sua parede – e não podem ser misturados. Então, deve-se prestar atenção a qual parede vai receber o tema, a cartela de cores e os acessórios que serão utilizados. O ideal é trabalhar com três cores, uma vez que é mais fácil coordená-las. Lembrando também que na etiqueta das peças tem a informação do tema, setor e se vai para a parede, solo ou mesa de massificação. Como nem sempre é possível seguir a orientação da etiqueta, por falta de produto, pode-se usar uma peça destinada ao solo na parede, desde que combine com as cores escolhidas.
 +
A partir da identidade da loja, o responsável por montar a parede pode seguir duas linhas de exposição, formato linear ou triangular. O formato triangular, como o próprio nome já sugere, é uma exposição em forma de triângulo, que não ocupa todo o espaço e gera uma sensação de leveza e movimento, deixando um ambiente mais clean.  No linear os produtos são dispostos em linha reta preenchendo todos os espaços vazios, indicado para o varejo mais popular. Após escolhida a linha de exposição é necessário adotar uma forma de equilíbrio que pode ser simétrica ou assimétrica: na exposição simétrica, ao se dividir a parede ao meio com uma linha imaginária, os dois lados são apresentados com as mesmas cores ou tipos de produtos, criando um ambiente mais harmônico; já na exposição assimétrica os dois lados são diferentes, mostrando um ambiente mais dinâmico que quebra a repetição.
 +
+
Falando um pouco de elementos que compõem a parede, para fazer uma exposição de coleção que encante o público-alvo e ocorra uma identificação imediata é preciso mostrar as soluções completas, ou seja, bottons e tops que combinam entre si, acessórios como bolsas e calçados que harmonizam com as peças expostas (cross merchandising).
+
Uma regrinha básica para montar paredes com formatos lineares é expor na parte superior as peças intercaladas entre frontal e lateral até o final da parede, na parte inferior fazer o contrário, desta forma se quebra a monotonia e se dá mais movimento. Para as paredes que não possibilitam a exposição lateral, pode-se utilizar a barra U, ela é perfeita para esse tipo de exposição e permite colocar mais de um modelo de roupa, aqui também vale alterar entre bottom e top coordenáveis.
(Visited 1.203 times, 1 visits today)
SHARE THIS

RELATED ARTICLES

LEAVE COMMENT

Curso livre a distância

CURSO LIVRE (a distância) EM VISUAL MERCHANDISING DE MODA

O curso online de Visual Merchandising de Moda do MMdaMODA abrange conceitos teóricos e práticas de mercado e está pautado em fotos, vídeos, cases de sucesso e materiais complementares, como artigos e reportagens.

Saiba mais