Veja tudo que aconteceu na ED. 2.18 do Senac Moda Informação

No dia 04 de outubro aconteceu em São Paulo um dos eventos mais relevantes para quem atua na área de moda: a ED. 2.18 do Senac Moda Informação – SMI. O local escolhido para essa edição foi o Mundo Pensante, casa de eventos bem criativa e descolada no tradicional bairro do Bixiga.

O formato do evento está bem diferente das últimas edições que participei e particularmente achei bem mais interessante. Profissionais inspiradores compartilharam suas ideias e ações desenvolvidas em suas empresas para acompanhar o mercado em constante transformação. Aliás, todos os palestrantes trouxeram um conteúdo muito rico que vai render muito assunto aqui no MMdaMODA.

O SMI 2018 foi intermediado por Tatiana Souza, diretora do birô Ouïe e integrante do núcleo de design da Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal), a qual conduziu os convidados que vou apresentar abaixo.

Fabio Padow, da Puma, abordou o tema branding e criação de uma forma bem dinâmica, falando como a marca tem sido constantemente construída por consumidores reais que fazem parte de uma nova geração que, ao invés de aceitar tudo o que o mercado propõe, querem sentir-se parte da construção do produto. Padow também mostrou como os parceiros da marca tem liberdade para desenvolver seus produtos em colab. Além disso, a Puma se posiciona em relação à temas como o combate ao racismo e, por isso tudo, é uma referência para o varejo de moda. Com certeza, vamos voltar a abordar de forma mais detalhada esses assuntos.

Andrea Bisker que está à frente da Styllus, agência de pesquisa de tendências, apresentou algumas macrotendências estéticas para o período, tais como a busca pelo conforto na hora de vestir-se proporcionado, por exemplo, pelas roupas de pegada esportiva, além do reaproveitamento de materiais na criação de novas peças e o vintage combinado ao moderno.

Um parágrafo é muito pouco para falar descrever a história emocionante e inspiradora de Gustavo Silvestre, estilista e artesão que apresentou o projeto Ponto Firme, no qual os presos de uma penitenciária masculina foram capacitados por ele a desenvolver peças em crochê, resultando em uma bela coleção apresentada num desfile dentro da própria penitenciária e, posteriormente, também na São Paulo Fashion Week.

Após o almoço todos ficaram bem atentos com o bom humor de Marcos Hiller, da agência True Stories, que trouxe um novo olhar sobre o consumo. Hiller trouxe o case da Starbucks que criativamente utilizou de modelos estéticos em voga para desenvolver novos produtos como os frappuccinos de edições limitadas, vídeo os exemplos do “Galaxy”, “Famingos” e “Sereia”.

Para falar sobre novos modelos de negócios, a convidada foi Mariana Wakin do Enjoei, que apresentou números e dados de como o mercado de segunda mão tem crescido no mundo e no Brasil, especialmente em função de um novo comportamento diante das compras vindas especialmente das novas gerações que são mais dispostas ao compartilhamento e o acesso no lugar da posse, como já abordado em outros artigos aqui no MMdaMODA.

Gostou disso tudo? Então aguardem novos artigos com mais detalhes de cada uma dessas palestras inspiradoras.

(Visited 64 times, 1 visits today)
SHARE THIS

RELATED ARTICLES

LEAVE COMMENT

Curso livre a distância

CURSO LIVRE (a distância) EM VISUAL MERCHANDISING DE MODA

O curso online de Visual Merchandising de Moda do MMdaMODA abrange conceitos teóricos e práticas de mercado e está pautado em fotos, vídeos, cases de sucesso e materiais complementares, como artigos e reportagens.

Saiba mais