Shoppings investem pesado em Campinas

size_590_expansao-iguatemi
O setor de shoppings centers quer mais vitrines na Região Metropolitana de Campinas (RMC). Novos empreendimentos estão em construção, ao mesmo tempo em que outros já consolidados anunciam expansões.

O Iguatemi Empresa de Shopping Centers, por exemplo, que administra o shopping de mesmo nome e mais o Galleria Shopping, investe pesado nos dois empreendimentos. Em maio, a empresa inaugura a expansão do Galleria, que consumiu R$ 30,4 milhões nas obras. E nesta semana, a companhia anunciou que também vai ampliar o Iguatemi, que praticamente vai dobrar sua área bruta locável (ABL) em dois anos – e ainda ganhará um teatro.

Perspectiva da nova fachada.

O projeto já está pronto, mas ainda não há data para o início das obras. A ampliação será a segunda grande expansão do Iguatemi, o mais tradicional centro de compras da Cidade, desde sua inauguração do local em maio de 1980.

O shopping, que tem hoje 54.075 metros quadrados de ABL, chegará a 107,6 mil metros quadrados em 2014. Serão 125 novas lojas, totalizando 390 estabelecimentos.
O novo espaço do shopping será construído aproveitando uma parte do estacionamento externo, cuja frente fica para o Boulevard Iguatemi. A ampliação abrigará 111 lojas-satélite, dois restaurantes, um cinema e três sub-solos para estacionamento para 496 veículos, o que elevará o número de vagas das atuais 5.006 para pouco mais de 5.500.

Áreas de expansão.

A expansão vai elevar o resultado operacional líquido do empreendimento para R$ 24,1 milhões no primeiro ano de funcionamento da ampliação. O Iguatemi Campinas, conforme informações da administradora, é o segundo shopping em receita total no grupo, com 22 milhões de visitantes por ano.

O gerente geral do shopping, João Eduardo Russi Colette, afirmou que o projeto estava sendo elaborado há algum tempo, e que a decisão de colocá-lo em prática agora não teve relação com a investida de outros concorrentes no mercado regional – como a do grupo AD, que vai investir mais de R$ 100 milhões no Shopping Sumaré.
O executivo também disse que não houve pressão em decorrência das ampliações realizadas por outros shoppings centers da cidade, como o Parque Dom Pedro, que inaugurou sua expansão, a Alameda Parque Dom Pedro, em 2010.
“O potencial da região de Campinas é muito grande e o Iguatemi sofre com uma forte demanda de lojistas pleiteando espaços para se estabelecerem lá”, comentou. 

Negócio 
Collett e disse que, hoje, não existem vagas para novas lojas no Iguatemi. Os espaços existentes são chamadas “reservas técnicas” – e mesmo essas já estão todas negociadas.

“A previsão é que a ampliação seja inaugurada em março de 2014. O shopping ganhará, além de 125 novas lojas, um novo ponto de fast-food, com sete novas operações e dois novos restaurantes”, detalhou.
Sem revelar nomes, o gerente geral comentou que o mix deve ser incrementado com operações “renomadas e inéditas” na região, de maneira a continuar atendendo o público preferencial do empreendimento, formado por consumidores das classes A e B.
A expansão também deve mexer com o atual projeto arquitetônico do Iguatemi. Detalhes como cores devem ser padronizados, conforme o novo projeto. O início das obras, contudo, ainda não tem data definida – mas o teatro, segundo o gerente geral, deve começar a sair do papel em breve.
A primeira grande ampliação do Iguatemi foi inaugurada em março de 2003, após investimentos de R$ 40 milhões. Foram 77 novas lojas em 14 mil metros quadrados de ABL e 24 mil metros quadrados de área construída.
(Visited 293 times, 1 visits today)
SHARE THIS

RELATED ARTICLES

1 COMENTÁRIO

LEAVE COMMENT

Curso livre a distância

CURSO LIVRE (a distância) EM VISUAL MERCHANDISING DE MODA

O curso online de Visual Merchandising de Moda do MMdaMODA abrange conceitos teóricos e práticas de mercado e está pautado em fotos, vídeos, cases de sucesso e materiais complementares, como artigos e reportagens.

Saiba mais