Modelos de treinamento de equipes em visual merchandising

treinamentovisualmerchandising
Treinamento de equipes é algo complexo, mais ainda quando se trata de visual merchandising. Existem centenas de empresas especializadas em treinamentos diversos, mas poucas conseguem entender realmente os problemas das empresas – especialmente quando pensamos nos pequenos empresários.
 +
Aí você paga uma pequena fortuna pela consultoria e nem sempre tem o resultado desejado. Por que isso acontece?
+
Empresas são organismos vivos, não existiriam se não houvesse pessoas trabalhando nelas, fazendo-as pulsar como se estivessem vivas. Seres humanos são complexos e, por isso, é difícil criar processos que se apliquem a todos da mesma forma. Humanos não são padronizáveis e, assim, um treinamento efetivo numa empresa pode não repercutir em nada noutra.
Por outro lado, destinar as pessoas certas para cada tipo de treinamento é fundamental tanto para que o conhecimento seja absorvido e disseminado, quanto pela autonomia para implantação de melhorias. É preciso ter o feeling para escolher o colaborador com perfil adequado e que tenha interesse em se desenvolver e desenvolver a empresa posteriormente.
+
Entender também os tipos de treinamentos é importante para compra-los corretamente. Basicamente eles podem se dar nos seguintes formatos: seminário, palestras, workshop, oficinas e ensino a distância.
+
Seminários: são exposição audiovisuais do conteúdo de forma genérica, empregando conceitos teóricos e estudos de caso. Favorece a discussão sobre assuntos pontuais. Os participantes criam seu próprio discernimento sobre o assunto abordado e não praticam.
+
Palestra: apresentam de forma bem objetiva os conteúdos, por isso são curtas e não favorecem as
discussões. Seu enfoque é de sensibilização sobre os temas abordados.
+
Workshop: são treinamentos de curta duração sobre assuntos específicos com enfoque prático. O docente explora o conteúdo teórico, mas direciona para atividades dirigidas simulando situações
reais, assim as pessoas exercitam na prática (sob supervisão) as informações aprendidas. A dinâmica da sessão divide-se em três momentos: exposição, discussão em grupos e conclusão.
+
Oficinas: têm um caráter totalmente prático e, por isso, partem do pressuposto que o aluno tem bagagem teórica sobre o assunto. O enfoque é aperfeiçoar aptidões e habilidades mediante atividades laborativas orientadas por professores capacitados.
+
A distância: atualmente tem sido muito procurado devido à falta de tempo dos alunos, menor preço de aquisição e acesso a profissionais destacados no mercado que não se deslocariam
facilmente para todas as regiões. Existe uma maior flexibilidade nos estudos e, comprovadamente, maior absorção do conteúdo [conheça o curso a distância do MMdaMODA]. Mesmo a distância pode exigir atividades práticas e alguns tipos de consultoria também podem acontecer nesse formato.
+
Enfim, essas explicações devem te orientar no momento de decisão de contratar uma consultoria de treinamento para sua equipe ou mesmo para implantar e padronizar métodos caso haja instrutores internos em sua empresa. Valorize seu recurso financeiro!
 +
(Visited 1.087 times, 1 visits today)
SHARE THIS

RELATED ARTICLES

LEAVE COMMENT

Curso livre a distância

CURSO LIVRE (a distância) EM VISUAL MERCHANDISING DE MODA

O curso online de Visual Merchandising de Moda do MMdaMODA abrange conceitos teóricos e práticas de mercado e está pautado em fotos, vídeos, cases de sucesso e materiais complementares, como artigos e reportagens.

Saiba mais