Dicas de Visual Merchandising para o Natal

img-211
Com quase dois meses para o Natal, visual merchandisers do mundo todo se preparam para pesquisar e quebrar a cabeça para montar um esquema que chame mais a atenção dos clientes nessa época tão importante para o varejo mundial.
Tendo isso em vista, preparamos um post super especial com as principais questões que devem ser priorizadas no momento de criar a campanha. São algumas dicas práticas que podem deixar o layout de loja mais atraente.
1. Quem é seu cliente?
É extremamente importante pensar no público que pretendemos atingir. Nessa época do ano, o “cliente natalino” se comporta diferentemente do comprador do resto do ano. Apesar de a maioria das pessoas estarem em clima de festas, o fim do ano é extremamente corrido, com dias cheios e milhares de tarefas. E sem dúvida, o público-alvo é aquele que vai às compras para comprar presentes e não algo para si mesmo. E isso reflete na comunicação do tema que deve atrair outros nichos de consumidores.
O visual merchandising nessa época do ano precisa interferir na jornada corrida do cliente e exibir o presente ideal daquela pessoa querida que queremos presentear. Para isso, basta perceber a mudança sutil de comportamento nos grandes shoppings e daí criar uma vitrine de efeito satisfatório.
+
img-(21)
Selfridges
+
2. Crie uma experiência
Quando falamos em experiência de compra, pensamos automaticamente em ofertas e promoções que se destacam, de certa forma, da concorrência e-commerce. Atrair o cliente para o PDV e oferecer serviços exclusivos ou souvenirs é uma boa saída. Com a correria dessa época, muitas pessoas otimizam tempo comprando pela internet. Esse é o momento certo de trazer novidades para a loja, criando estratégias de marketing que correspondam com a identidade da sua marca, ao mesmo tempo que traz novidades para o consumidor.
Hoje em dia, muitas marcas estão trabalhando com estratégias que promovem a interatividade com o cliente. Reveja nossos posts sobre interatividade como exemplos de inspiração: Kate Spade que montou um portal de compras pela vitrine, foi um dos destaques de inovação no varejo esse ano. Outras marcas e lojas como a Adidas, a Macy’s e Nine West também investiram em campanhas de interação. Reveja aqui. A YrStore também trouxe novos conceitos para a pop up store de Londres.
 +
img-(1)
YrStore no Boxpark Mall

 

3. Seduza o cliente dentro da loja
Ao mesmo tempo que precisamos atrair os clientes pela vitrine, é essencial continuar esse trabalho de sedução no interior da loja. Para isso, precisamos contar o que eles podem esperar da marca, as dicas de como usar as últimas tendências de moda, por exemplo. Comunicar ofertas exclusivas também é um ótimo atrativo para o cliente. Utilize técnicas criativas para garantir que a loja saia na frente, deixando o cliente com gostinho de quero mais.
Nesta época tão corrida, é crucial convencer o cliente de que ele precisa gastar um pouco do seu tempo comprando na sua loja. Por isso precisamos ter vitrines muito bem cenografadas, já que é através dela que conseguimos ter mais interatividade com o consumidor final.
4. Continue o tema no interior da loja
Uma vez que conseguimos atrair futuros compradores para dentro da loja, é extremamente importante que eles sintam que podem encontrar as novidades apresentadas na vitrine no interior da loja com facilidade e agilidade. Desdobrando as ferramentas que impulsionou estes clientes a entrarem na loja, as chances de venda aumentam. Numa época como o Natal, o tempo é curto, então objetividade e coerência devem ser priorizadas.
img-(16)
Dior

 

5. Espalhe a alegria do Natal
Agora é a hora de pensarmos fora da caixinha. Nesta época do ano, as ruas, casas e shoppings são preenchidos com o clima festivo e inúmeras pessoas vão as ruas para conferir as decorações de Natal. É o caso da avenida Paulista que recebe milhares de visitantes que passam por ali para conferir o que os grandes bancos e prédios corporativos trazem de novidades para a temporada. E por que ao invés de oferecer apenas produtos, não pensar e produzir também um cenário que sirva de inspiração para o cliente decorar a casa dele?
Os clientes querem se entreter e serem entretidos e a vitrine é uma ferramenta indispensável pra distrai-los da correria de fim de ano. Pensando assim, ousar num cenário inspirador pode ser uma ótima saída para comunicar o cliente e fazer a marca ser relembrada a cada Natal.
img (183)
6. Mantenha a identidade da marca
Por mais ousados que podemos ser neste período, ainda assim precisamos manter o pé no chão. A comunicação temática deve representar de forma coerente a identidade da marca. Isso ajuda o cliente a reconhecer a credibilidade da marca no mercado em meio aos diferentes cenários que cercam sua loja. Transportar a visão única e exclusiva de Natal da sua marca para a vitrine é um modo eficaz de se destacar dos demais proporcionando uma experiência de compra memorável.
img-(23)
Zara

 

7. Não exagere!
Muitas vezes, quando pensamos fora da caixinha, corremos o risco de ir além do que de fato é relevante para a campanha e exagerarmos na comunicação que pode confundir o cliente. O que devemos ter sempre em mente é o foco em serviços exclusivos para o cliente e a identidade da marca e do produto. Esse é o grande diferencial.
Christmas-New-Year-windows-collection
Armand Basi

 

8. Aposte no clássico repaginado
O verde e vermelho são cores clássicas para o Natal e podem ser usadas de inúmeras formas criativas. Aposte em novas texturas para compor pontos focais e detalhes de displays.
Fontes: Texto do VIMER por Victor Godinho e imagens do Creativity Windows e RetailDesignBlog
(Visited 579 times, 1 visits today)
SHARE THIS

RELATED ARTICLES

LEAVE COMMENT

Curso livre a distância

CURSO LIVRE (a distância) EM VISUAL MERCHANDISING DE MODA

O curso online de Visual Merchandising de Moda do MMdaMODA abrange conceitos teóricos e práticas de mercado e está pautado em fotos, vídeos, cases de sucesso e materiais complementares, como artigos e reportagens.

Saiba mais