Lei Antibêbado! (rs)

Imagem1
Fresquinho! Saiu hoje na Folha!
No meio da vitrine vitrina haverá uma faixa de, no mínimo, 2 cm de largura. Na porta de vidro, também. É o que diz a lei, de autoria do ex-vereador e ex-jogador de futebol Ademir da Guia (PR), que o prefeito Gilberto Kassab (DEM) regulamentou.
Já apelidada de “lei antibêbado” e “lei antitrombada”, a nova exigência não foi bem recebida no comércio da cidade de São Paulo.
 
Em duas tradicionais ruas de comércio de São Paulo – a José Paulino (no Bom Retiro) e a Oscar Freire (nos Jardins)-, a Folha de São Paulo viu ontem só uma loja já adaptada à nova exigência.
 
“Acho que uma pessoa que tivesse algum acidente com o vidro da vitrine vitrina precisaria consultar um oftalmologista”, disse Fábio Cabral, vendedor de uma loja na Oscar Freire.
 
Eu, pobre Edu Vilas Bôas, acho que a questão é tão banal que nem merecia destaque. Por que a prefeitura não se preocupa com a acessibilização para pessoas com mobilidade reduzida?! São paradoxos de nosso mundo político.

Nós, profissionais da área, veremos isso como uma oportunidade de aperfeiçoamento e exercício da criatividade.
Alguém ai já teve acidentes com clientes????

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u730400.shtml

(Visited 46 times, 1 visits today)
SHARE THIS

RELATED ARTICLES

1 COMENTÁRIO

LEAVE COMMENT

Curso livre a distância

CURSO LIVRE (a distância) EM VISUAL MERCHANDISING DE MODA

O curso online de Visual Merchandising de Moda do MMdaMODA abrange conceitos teóricos e práticas de mercado e está pautado em fotos, vídeos, cases de sucesso e materiais complementares, como artigos e reportagens.

Saiba mais