Adequando o visual merchandising para as liquidações

sam_4717
O mercado de varejo atua sob um calendário que rege as principais ações comerciais utilizadas pelas lojas para abordar os consumidores de forma objetiva.
 +
Nesse calendário, existem datas comemorativas que não se alteram, independente do tipo de mercado em que se atua, são datas como Dia das Mães, Namorados, Natal, etc., o fato é que se observarmos esse calendário podemos perceber uma grande lacuna entre as principais campanhas, e são esses espaços que provocam tantas ações comerciais que utilizadas para bombardear o consumidor de ofertas (reais ou não), tentam fazê-lo comprar cada vez mais.
+
Um bom exemplo disso é esse momento pós-natal (que é a principal data em termos de vendas e resultados para a grande maioria dos varejistas) já que a próxima data significativa no calendário do varejo é o Carnaval, que ocorre por sua vez entre os meses de fevereiro e março, ou seja, quase três meses sem nenhuma data comemorativa para as lojas trabalharem ações de marketing e chamar a atenção dos clientes, e é exatamente nesse período que ocorre o que a grande maioria denomina Liquidação, Saldão, Grandes Ofertas, seja qual for o nome adotado o foco é o  esmo, vender o quanto antes todos os produtos que restaram do final do ano.
+
Não vale a pena a loja continuar com essas mercadorias, pois logo estará recebendo produtos novos para a entrada de uma nova coleção, que ocorre naturalmente com a troca de estação e os prazos para pagamento dos fornecedores já estão se esgotando.
+
As principais estratégias de visual merchandising para esse período de liquidações de estoque antigo é agrupar os produtos por gênero, tipo e preço nos equipamentos que ficam geralmente em uma área de bastante destaque dentro da loja, de preferência próximo a circulação do cliente, com uma boa sinalização que indica que ali existe uma boa oportunidade de compra.
+
+
As vitrinas são o principal alvo para atrair o cliente, e nesse período elas funcionam como um grande painel informativo, com poucos produtos, na maioria das vezes nenhum, e muita comunicação visual.
 +
É comum que as lojas não utilizem produtos nas vitrinas de liquidação, isso porque as grades já não estão mais completas e o cliente pode acabar ficando frustrado por não encontrar a numeração ou a cor do produto exposto. O importante é atrair o cliente pelo preço e percentual de desconto, além dos planos e facilidades de pagamentos que contam muito na decisão de compra do consumidor.
 +
O que vale mesmo nessa batalha diária para atrair a atenção do cliente é a criatividade e o bom gosto para trabalhar os elementos de forma assertiva e coerente com cada perfil de mercado e público-alvo.
 +
(Visited 761 times, 2 visits today)
SHARE THIS

RELATED ARTICLES

LEAVE COMMENT

Curso livre a distância

CURSO LIVRE (a distância) EM VISUAL MERCHANDISING DE MODA

O curso online de Visual Merchandising de Moda do MMdaMODA abrange conceitos teóricos e práticas de mercado e está pautado em fotos, vídeos, cases de sucesso e materiais complementares, como artigos e reportagens.

Saiba mais